Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quem (não) sou

De difícil compreensão. Com alguns medos. Com vontade de vencer. Ideais bem definidos. Futuro incerto. Presente feliz. Metafísica e abstracta. Que ama e é amada. Viciada em música, em livros e em política.

Quem (não) sou

De difícil compreensão. Com alguns medos. Com vontade de vencer. Ideais bem definidos. Futuro incerto. Presente feliz. Metafísica e abstracta. Que ama e é amada. Viciada em música, em livros e em política.

Ambivalência

Sinto-me estranha. Diferente. Para mim tudo foi sempre mais complicado. Não sei se isso quer dizer que sou egocêntrica, pois foco-me bastante nos meus problemas, mas sempre fui assim. Com a (...)

O vil metal

«O dinheiro é apenas isso: dinheiro.» Disseste-me isto entre um sorriso e um leve toque no cabelo. Acenei afirmativamente ao mesmo tempo em que sentia uma repulsa intelectual e emocional por (...)

Refazer(-me)

Vou-me curar. Vou-me curar escrevendo. Depositando nestas linhas todo o meu ser, toda a minha dor e mágoa. Também espero depositar igualmente a felicidade e a bondade que me são tão (...)

A cascata

Sento-me perto da cascata – uma cascata qualquer desde que seja bela, imponente e límpida – e cruzo as pernas. Aproximo a minha mão esquerda da mão direita e deixo-as cair no meu colo, (...)

Homens comuns

Este texto é sobre o homem comum. Digo-o para que quem o vá ler já saiba de antemão que irei destilar algum ódio (não sabia o que lhe chamar) aos pseudo-intelectuais. Este texto parece, (...)

Mais um dia...

Mais um dia... Levanta-te... Desliga o despertador... Abençoa o que tens ou resmunga entre dentes impropérios à tua vida e ao rumo que esta tomou... Toma banho... Toma o pequeno-almoço.. (...)